Monday, March 12, 2007
Ser mulher não eh nada fácil.
Não eh fácil em lugar algum; mas aqui na Índia consegue ser ainda pior.

A mulher aqui eh rejeitada antes mesmo de nascer.
Tanto que o governo Indiano ate proibiu os exames de ecografia; pois quando estes descobriam que o bebe era uma menina, faziam abortos.
Agora só esta liberado este exame para casos de gravidez de alto risco.

Quando a menina chega aos 18 anos, logo arranjam um casamento para livrarem-se do fardo; e dos gastos, afinal filha mulher só traz despesas...
Para a família do noivo aceita-la, utilizam-se o “dote”, que eh nada menos que uma quantia em dinheiro, ou bens que a família da noiva deve oferecer a família do noivo.
Questionei meus colegas sobre isso, e eles nos garantiram que não eh uma obrigação da família da noiva dar o “dote”, mas percebi que se isso não ocorre, consideram essa família muuuito pobre e quem sofre as conseqüências com certeza eh a noiva, que vai padecer nas mãos da nova família.

Já expliquei anteriormente, que quando a menina casa, ela vai morar com a família do noivo. Todos na mesma casa.
E quando este tem mais irmãos, e tbm são casados, todos moram juntos; e não há exceção!!

Ai imagine...vc morando com a sogra já eh uma judiaria...ai mais sogro “machista”, cunhados "machistas", cunhadas, e crianças para todo lado...NINGUEM MERECE!!!

Ahhhhh! Como hoje esta difícil encontrar esposas disponíveis, devido ao numero mt superior de homens, devido aos abortos; o que acontece tbm, eh a mesma esposa ser dividida entre os irmãos...
Sim eh horrível, mas eh real, infelizmente.

O casal só se torna independente da família, somente quando este conquista um poder econômico estável, assim eles podem construir ou comprar sua casa. Normalmente isso ocorre depois de mts anos, quando estes já tem filhos.
Eu acho o ohhh do borogodo!!!!
Mas enfim, mais uma coisa estranha de tantas...

Pra variar, eu questionei meus colegas se não ha confusões..., se a família não se mete na vida do casal, etc...
E a resposta foi um sincero e tranqüilo – SIM! – quer dizer, eh tudo mt normal para eles, todos darem palpites e etc...
Soube ate um caso de uma brasileira, que a sogra foi direto perguntar se o filho-esposo dava no coro...ai coitada da brasileira que teve que se virar para sair da saia justa...
Esses indianos perguntam de tudo mesmo!!!!!!

Voltando a Mulher...
Antigamente quando o esposo morria, eles colocavam a viúva junto ao cadáver para queimá-la na mesma fogueira.
Essa pratica se chama “SATI”.
Dizem que após a morte do esposo, a mulher não tem mais utilidade, e também porque a família não quer sustentar mais uma “boca” em vão; assim, nao teria porque deixa-la viver.
Atualmente há leis que proíbem tal pratica.
Sendo assim, as familias enviam, "expulsam", as recentes viúvas, para uma cidade “sagrada”; onde só existe viúvas abandonadas e em situação mt precária.

Aqui na empresa 90% dos operários são mulheres. Os homens têm cargos de chefia, mas nenhum deles mete a mão na massa.
Cabe a elas fazerem os serviços pesados.
Como já comentei tbm, estão construindo mais um prédio aqui na empresa, e quem carrega pedra, tijolo; quem perfura poços com uma inchada minúscula, quem faz os piores serviços são sim, as mulheres.
Normalmente a mulher que trabalha eh mt pobre, e assim eh considerada como uma escrava.

Tbm dentro da empresa, no setor onde trabalhamos, Dpto de amostras, temos mts meninas, de 18 a 21 anos. Estas são costureiras, preparadeiras, etc...
Algumas delas mt bonitas.
Mas para entender, dentro do mesmo departamento, existem os meninos modelistas, que se “acham” superiores a elas, que as chamam de “impróprias” para o casamento.
Pois eles acham que a família destas não deveriam permitir que elas trabalhem; pois desta maneira estão tendo contatos com mais homens.
Eh que na religião Muçulmana, as mulheres não podem ser vistas sem a Burga por homem algum. E as meninas muçulmanas quando trabalham, por estarem em ambiente profissional, tiram a burga.
E para os machistas Muçulmanos, isso eh o fim.

Inicialmente eu me identificava mais com a religião Muçulmana, por acreditar somente em um Deus, no caso dos Muçulmanos, Allah.
Mas hoje, após 8 meses, vejo o quanto fanáticos eles são; o quanto machista e preconceituosos eles são.
Hoje "acho" que o homem Hindu e o Cristao, sao um pouquinho, bem pouquinho ta?!, mais aberto e menos autoritário com as mulheres.
Mas infelizmente nenhum deles deixa de ser machista; achando que a mulher serve somente para ser esposa e mãe.

Hoje infelizmente estou revoltada com a ala masculina Indiana.
Estou com mt raiva porque estou sofrendo na pele esses preconceitos.
E mesmo sendo estrangeira aqui neste pais, não tenho direito algum de opinar...mt menos reclamar!
E eu, que sou a Sra Opinião...to odiando estar sendo podada!!!!

... assimmmmmmmm, se eu não matar um Indiano ate meus últimos dias de estada aqui, acho que me sentirei ainda pior...
...mas algum, algum dentre eles, eu heiiiiiiiiiiii de judiar...e MUITO.

Não, o maridissimo ta fora dessa.
...mas pensando bem, ate pode ser ele mesmo...pq ta quase um Indiano!!!!!!!
...eu que carrego as sacolas, ele caminha na minha frente, sem lembrar da minha existencia...ele se alimenta primeiro que eu; etc...
Pensando melhor, pode ser ele mesmo!
 
posted by Liz & Edson at 8:27 PM |


1 Comments:


At 5:10 AM, Blogger Marcelo

Bah Guria,

estive reparando um detalhe muito importante.

Você vai trabalhar com essas roupas típicas?

Se for assim tu mesmo está cavando tua sepultura, tu estas te nivelando pelas mulheres locais e está "dizendo" me tratem igual a elas, sou mais uma.

Te produza como se fosse fazer uma entrevista de emprego, coloca um salto alto e afronta a "indiada", olha de cima, o que não deve ser muito dificil.

Coloca fogo na mulherada, mostra que as coisas podem ser diferentes, tu até pode voltar dai desanimada, mas pode deixar o ambiente entre homens e milheres bem bagunçado.

Sorte e calma.